Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sete Vidas Como os gatos

More than meets the eye

More than meets the eye

Sete Vidas Como os gatos

25
Mar09

Algo absolutamente delicioso, Ambrósio!

Rui Vasco Neto

A gente é linda, pá, a gente é o melhor que a vida tem porque a gente é a vida no seu melhor, pá! Parece redundante porque é redundante, tanto quanto verdadeiro, isto que aqui constato aos gritos. E porquê? Porque volta e meia a vida recorda-me esta absoluta evidência em exemplos da carne e osso como este, ora vejam só se não:

 

Por Sebastião Marques Lopes, às 19:34 | comentar | ver comentários (4)
 

Quando criei este blog ( 1 de Abril de 2008)  tinha a intenção de exprimir os meus sentimentos. Ora houve sempre uma coisa que me irritou. Descriminação infantil. Quero ver uma grande banda a um bar mas não posso porque tenho doze anos. Quero ficar sentado no eléctrico mas não posso porque tenho doze anos. Quero ver um filme mais de dezasseis anos mas não posso porque tenho doze anos. O melhor em prender-me num cofre e esperar até ter dezoito pois não há espaço no mundo para um jovem de doze anos.

(lido aqui

 

A gente é linda, pá, a gente é o melhor que a vida tem porque a gente é a vida no seu melhor, pá! Parece redundante porque é redundante, tanto quanto verdadeiro, isto que aqui constato aos gritos. E porquê? Porque volta e meia a vida recorda-me esta absoluta evidência em exemplos da carne e osso como este e pronto, fico num estado de encanto com a espécie que me faz quitar todos os desencantos diários, horários, as fraudes constantes, zerar tudo e começar de novo porque a gente vale a pena, a gente vale sempre a pena, a gente nasce linda, linda como as estrelinhas que há no céu e a gente é linda e única como cada uma delas. A gente se calhar depois chega a um ponto e estraga-se, às vezes, um pouco, muitas vezes, dois poucos, sempre, sei lá, a gente já não diz 'estrelinhas' porque não e faz por esquecer que há um céu porque sim, não sei ... só sei que a gente, em génese, é linda com'o camandro, pá, 'tás a ver? Linda com'o camandro. Mas tu não estás a ver!?!

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sete vidas mais uma: Pedro Bicudo

RTP, Açores

Sete vidas mais uma: Soledade Martinho Costa

Poema renascido

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D