Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sete Vidas Como os gatos

More than meets the eye

More than meets the eye

Sete Vidas Como os gatos

22
Nov07

É o lobo, é o lobo, é o lobo!!

Rui Vasco Neto
Triste figura a da PSP ao anunciar, em comunicado oficial ao país, que graças á sua pronta intervenção teria impedido um suícidio colectivo de um grupo de jovens de uma escola em Vale de Cambra. A mãe de um rapaz de 14 anos deu o alerta sobre os hábitos on-line do filho e dos amigos. E a PSP anunciou ter impedido um suicídio colectivo, tiro e queda. Depois das hilariantes declarações do Intendente Teles em Vila de Conde, há poucos dias, que afirmava ter impedido um assalto a um banco após ter estado três horas a encurralar um ladrão que não existia, o vasto anedotário de declarações públicas daquela força policial ficou agora mais rico com esta acção inexistente da PSP, contada a toda a gente pela própria PSP e que mereceu honras de primeira página em vários jornais. Com o Correio da Manhã, no grupo dos 'sérios', a assumir especial destaque com as parangonas «Polícia trava suicídio colectivo de jovens» que titulavam a sua edição de anteontem, cheia de pormenores sobre auto-mutilação, Orkut e conspirações escolares. Em contraste com a notícia equilibrada, profissional e rigorosa do JN, por exemplo, da autoria de João Paulo Costa. Nas rádios, em todas as rádios, só faltou saber-se a cor dos caixões dos já suicidas, que até eram muitos, parece, ouvi dizer, sei lá, dizem. E assim andou Portugal um dia de cabeça perdida com o seu massacre escolar caseirinho.

Ontem, o presidente da Câmara de Vale de Cambra, José Bastos, confirmou que o jovem de 14 anos, residente nos arredores da cidade, "não se automutilou". O autarca, que esteve reunido com a Comissão de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Vale de Cambra, desmentiu igualmente a existência de qualquer ideia de suicídio colectivo que alegadamente estaria a ser preparado por jovens residentes no concelho. José Bastos desmentiu assim a informação da PSP de Aveiro e lamentou que a informação da PSP tenha sido tornada pública, assegurando que "o único erro do jovem foi ter consultado sites impróprios". Também o vereador da Acção Social daquela autarquia veio confirmar que o jovem «não fez nada ao seu corpo», de forma taxativa. «Ao contrário do que tem sido divulgado, não corresponde à verdade que o jovem de 14 anos tivesse praticado automutilação», declarou Manuel Augusto de Carvalho.

A gravidade do efectivamente sucedido não pode nem deve ser subestimada. Não é para graças aquilo que uma mente juvenil perturbada pode fazer consigo própria e com os outros que a rodeiam. Vemos, ouvimos e lemos que é assim nos dias de hoje. Por isso mesmo temos todos de estar muito atentos à nossa geração não rasca, para que esta nunca o venha a ser. E atentos a todos os avisos que possam soar nesta sociedade por norma distraída. Temos de estar prontos a agir na primeiríssima necessidade. Quando alguém gritar 'olha o lobo', é bom que a gente corra e salve as crianças, recolha o avô, tranque as galinhas, feche a porta e mate o bicho. Mas para isso, a condição primeira é não pôr um idiota de serviço à torre de vigia, que vai distrair toda a gente com os seus gritos minuto a minuto. Só para a gente olhar para ele.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sete vidas mais uma: Pedro Bicudo

RTP, Açores

Sete vidas mais uma: Soledade Martinho Costa

Poema renascido

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D