Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sete Vidas Como os gatos

More than meets the eye

More than meets the eye

Sete Vidas Como os gatos

11
Mar08

Cavaco retocado e contado ao povo em bonecos

Rui Vasco Neto
Ou a Presidência em slide, sei lá. São 'Os dias do Presidente', onde 'Cavaco Silva narra, numa apresentação multimédia, o seu quotidiano'. Um documentário com locução do próprio, numa visita guiada ao que o presidente entendeu querer revelar de si ao país. Coisa bem feita, de resto. Um trabalho conseguido, nos seus objectivos, a meu ver. E a ver, sem dúvida, guardar nem tanto.
O tom babado de enlevo com que o próprio Cavaco o divulgou à comunicação social, ainda em terras brasileiras, diz bem do agrado presidencial por mais esta iniciativa promocional do prestígio de Belém. De D.Maria sabe-se pouco, quanto à sua opinião, mas o simples facto do projecto estar on-line é sinal inequívoco da sua aprovação, diria eu sem medo de errar. Boas fotografias a preto e branco de Luis Filipe Catarino, bem sequenciadas, critério editorial feliz no resultado final obtido. A narração é do próprio presidente, no tom habitual e com a inconfundível dicção que se lhe conhece. Pelo meio não podia faltar a participação audio de D.Maria, a ilustrar a rotina diária de Cavaco: «Hora de almoço, hora de pausa. A maior parte das vezes conto com a companhia da minha mulher, falamos de tudo». É a deixa de D.Maria: «Olha o João Maria, o menino, hoje não foi à escola, não está bem, ficou em casa com febre», ouve-se sobre as fotos do almoço dos dois. A música de fundo é jazística e subtil até à Desfolhada, que também entra, quando se mostra que o presidente vai ao teatro e bate palmas a Simone de Oliveira: «Um longo dia chegou ao fim. É tempo de descanso. A minha mulher e eu subimos a escada do nosso velhinho prédio com o coração cheio de emoções vividas na homenagem a Simone. Foi muito bonito

Cavaco chega ao final da narração confessando o prazer que esta lhe deu a fazer. «Gostei muito de fazer esta reportagem para o sítio da Presidência», diz com entoação radiofónica, a fechar. Eu cá também gostei que o presidente a tivesse feito. Senti-me assim um bocadinho lá de casa, quase meio Silva por afinidade com este primo irremediavelmente afastado. Gostei mais disto do que da nova 'Vila Faia', devo dizer, achei o casting mais genuíno e adorei o cenário. Ah, e o polícia sinaleiro também foi muito bem escolhido, sim senhor. Imperdíveis, estes dias do Presidente. Aqui.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sete vidas mais uma: Pedro Bicudo

RTP, Açores

Sete vidas mais uma: Soledade Martinho Costa

Poema renascido

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D